Controle de contas a pagar e receber

Home / Sem categoria / Controle de contas a pagar e receber

Controle de contas a pagar e receber

Para quem começa um negócio, ou mesmo quem já tem uma empresa aberta há algum tempo, um dos temas que costuma gerar muitas dúvidas e dores de cabeça é o controle de contas a pagar e receber.

Seja por dificuldade ou falta de costume, muitos desses empresários, novos ou antigos, acabam perdendo o controle destas informações. O que, a primeira vista, pode parecer apenas uma burocracia tem, na verdade, grande importância para a sobrevivência do seu negócio.

Isso porque o controle nas contas a pagar a receber pode levar a perdas financeiras, seja com juros cobrados por contas vencidas e não pagas ou por recursos a receber e que não foram pagos porque não havia conhecimento desse dinheiro que estava para chegar.

Então, se você tem dificuldades em administrar o controle de contas a pagar e receber de sua empresa, esse texto é para você. Aqui vamos contar tudo o que você precisa fazer para manter esses dados sempre equilibrados.

Registre tudo o que entra e sai da empresa

Para a criação de um controle de contas a pagar e receber eficiente é fundamental que você tenha um registro atualizado de todas as suas entradas e saídas de dinheiro da empresa.

Embora possa parecer algo óbvio e automático em todas as empresas, nem todos os empresários ou gestores tem esse costume, o que pode provocar graves desequilíbrios financeiros.

Por isso, para evitar dores de cabeça, é importante manter um controle rígido de tudo o que entra e sai, em termos de recursos, de sua empresa. Anote absolutamente tudo, até mesmo as despesas ou ganhos mais insignificantes.

Afinal, algumas vezes, uma diferença de centavos pode provocar um prejuízo ou aumentar de forma exponencial os seus ganhos em um único mês.

Crie um plano de despesas e receitas

Na hora de criar o controle de contas a pagar e a receber é importante desenvolver, também, um plano de despesas e de receitas. Essa medida é fundamental não apenas para que você saiba quanto gasta e quanto recebe, como também planejar a operação de sua empresa para um determinado período.

No plano de contas deve estar previsto seu fluxo de caixa, ou seja, quanto entra de receita em um determinado período e quando é o mês em que você tem um maior número de contas a pagar.

Então, é importante que, em seu plano de despesas e receitas, esteja descrito quais as contas de sua empresa e receitas em um período determinado (uma semana ou um mês, por exemplo) e quando estão previstas entradas e saídas de dinheiro.

Não se esqueça também de informar se as despesas ou receitas são periódicas ou recorrentes (ou seja, se acontecem com frequência ou se tratam de eventos raros), bem como a origem de cada uma delas.

Se preferir, você pode categorizar todos os lucros e custos de sua empresa. Ao reunir variáveis que se referem apenas a um determinado setor é possível não apenas saber quanto você gasta ou recebe desta área, como também determinar se é necessário fazer algum aporte para manter o departamento saudável financeiramente.

 

Nossas dicas foram úteis? Quer uma ajuda especializada? É só nos procurar clicando aqui!

Outras Publicações

Deixe seu Comentário

Contato

Deixa sua mensagem.

Digite o termo desejado