Como fazer um planejamento financeiro

Home / Sem categoria / Como fazer um planejamento financeiro

Como fazer um planejamento financeiro

Para um empresário, seja ele um micro, pequeno ou mesmo administrador de uma empresa de porte médio ou grande, manter as finanças do empreendimento sempre no azul é muito importante.

Isso porque, independente de seu porte, uma empresa estar capitalizada, ou ao menos estar com as contas organizadas para continuar em atividade, produzindo e pagando seus colaboradores e funcionários.

Por isso, é essencial fazer um planejamento financeiro, que controle muito bem o que entra e o que sai. Você sabe como fazer esse isso? Tem alguma noção do que deve constar nesse planejamento?

Não? Então esse texto é para você. Aqui mostraremos como preparar esse planejamento, e o que você não deve deixar de fora na hora de montar suas planilhas.

Alimente seu fluxo de caixa

Um ponto importante para começar seu planejamento financeiro é acompanhar com lupa o movimento do fluxo de caixa, controlando muito bem a entrada e saída de recursos.

Com esse controle, você não apenas tem uma ideia de como está a situação financeira da sua empresa, como também pode mensurar mais facilmente quanto tem ganho e como é sua movimentação financeira.

Se você tiver dificuldades em preencher manualmente esses controles, não se preocupe ou entre em desespero. Atualmente, existem ótimas ferramentas e softwares gratuitos que ajudam nesse controle.

Mantenha um capital de giro

O capital de giro é outro ponto de extrema importância para a elaboração do planejamento financeiro de sua empresa, porque é esse dinheiro que garante a operação, mesmo quando há alguns imprevistos.

No entanto, é importante também saber como administrar o capital de giro, e ter a consciência de que ele só deve ser utilizado para honrar compromissos que tem de ser pagos imediatamente ou, ainda, enfrentar problemas que surjam de última hora.

E, caso seja utilizado, o capital de giro precisa ser reposto, pois a reserva financeira precisa estar sempre à mão em caso de necessidade.

Separe o dinheiro da empresa do seu dinheiro

Quem tem uma pequena empresa sabe o quanto é difícil não confundir sua conta pessoal com a conta empresarial. Muitas vezes, essa confusão acontece acidentalmente ou por falta de controle.

No entanto, quando você mistura a conta pessoal e empresarial, além de correr o risco de deixar sua empresa sem recursos, irá atrapalhar a lucratividade do seu negócio, já que o dinheiro que poderia ser usado para investimento e melhoria da atividade, pode estar custeando despesas domésticas.

Cuidado com os gastos

Quem tem uma empresa, em geral, costuma ficar muito atento aos gastos. Mas, seja um pequeno ou grande empresário, costuma olhar apenas para os grandes, como o valor pago no aluguel de um imóvel ou o quanto paga em salários para os colaboradores.

Já outras despesas, tidas como menores, são deixadas de lado. Aqui entram gastos com materiais de escritório, serviços de internet, contas de energia elétrica e telefone, dentre outras.

Então, no momento em que estiver fazendo seu planejamento financeiro, não despreze o pagamento de nenhuma despesa. Coloque todas, grandes ou pequenas, no papel.

Mantenha uma reserva financeira

Assim como manter seu capital de giro é importante para a saúde financeira de sua empresa, guardar uma reserva financeira pode ajudar a dar aquele fôlego, sobretudo no início do ano.

Então, logo que os recursos comecem a entrar, separe uma quantia para lhe ajudar com despesas inesperadas, sem que seja necessário acionar o capital de giro.

 

Gostou das nossas dicas? Precisa de uma ajuda mais especializada? É só nos procurar clicando aqui. Terceirize a gestão financeira da sua empresa, ganhe agilidade e mais resultados!

Outras Publicações

Deixe seu Comentário

Contato

Deixa sua mensagem.

Digite o termo desejado